O Líder como Modelo

lider-coach

Um dos papéis mais importantes de um líder é ser um modelo das atitudes e comportamentos que deseja ver em outras pessoas. Para ser um modelo, o líder precisa dar o exemplo. Ao dar o exemplo, torna-se uma referência, inspirando as pessoas a buscar a excelência e a darem o melhor de cada um.

De acordo com Gary Yukl, professor da Universidade do Estado de Nova York e especialista em liderança e administração, liderança é o processo de influenciar os outros para que entendam e concordem quanto ao que fazer e como fazer, bem como facilitar os esforços individuais e coletivos para obter os resultados almejados.

Há, portanto, uma estreita ligação entre liderança e influência, assim como entre liderança e poder. O líder exerce influência quando consegue afetar as crenças, atitudes e o comportamento de seus seguidores.

E nada influencia mais do que o exemplo. Quando o líder dá o exemplo torna-se um modelo e estará criando na mente das pessoas uma visão do que é possível fazer, inspirando-as e motivando-as a entrar em ação.

O que são neurônios-espelho

De acordo com a neuro-ciência, o poder do líder como modelo pode ser explicado pelos chamados neurônios-espelho, que são ativados quando interagimos com outras pessoas.

O estudo dos neurônios-espelho indica que nosso cérebro está constantemente reagindo aos estímulos á nossa volta. Quando esses estímulos vêm do líder, sua capacidade de influenciar é ainda maior, devido ao seu papel proeminente no dia-a-dia da empresa. Assim, ao dar o exemplo, o líder estará acionando os neurônios-espelho de outras pessoas e influindo decisivamente no seu modo de se comportar, de agir e de sentir.

Modelando o exemplo do líder

lider-coach-2O estudo dos neurônios-espelho demonstra que o comportamento pode ser modelado ou copiado. Observando uma pessoa, podemos ver como ela faz as coisas, podemos aprender e, depois, reproduzir esse comportamento. Quando os funcionários vêm o líder como exemplo, tendem a modelar e tentar reproduzir sua forma de agir.

Esse processo é conduzido em seis etapas:

Etapa 1 – Questione-se

Ao executar essa etapa, você deve seguir 4 passos;

Fase 1: Identifique seus objetivos, questionando-se: que tipo de exemplo você quer ser? Que atitudes e comportamentos você quer que seus liderados modelem? Que resultados espera obter como isso?

Fase 2: compare suas respostas com a situação atual. Que exemplo você está dando? Que atitudes e comportamentos seus funcionários estão modelando? Que resultados você está obtendo?

Fase 3: verifique a distância entre a situação atual e a situação desejada. O que você pode fazer para diminuir ou eliminar essa distância?

Fase 4: defina que comportamentos e atitudes você precisa desenvolver ou aprimorar e quais deles você precisa mudar.

Etapa 2 – Mantenha a coerência

Para dar um exemplo positivo é preciso manter a coerência, observando pelo menos quatro procedimentos:

  • Dizer o que pensa e fazer o que diz. Para transmitir credibilidade, seus pensamentos, seu discurso e suas ações precisam estar alinhados;
  • Ser consistente em seu comportamento. Exibir um comportamento apenas ocasionalmente não basta para dar um exemplo;
  • Vivenciar seus valores para dar uma demonstração de força e poder interior;
  • Transmitir convicção. As pessoas se sentem inspiradas quando percebem que o líder realmente acredita no que diz e no que faz.

Etapa 3 – Use o tempo qualitativamente

Por mais ocupado que você esteja, use bem o tempo que você passa com seus subordinados, dando-lhes a atenção devida e proporcionando constantes feedback, para não passar a impressão de um líder frio e distante.

Etapa 4 – Segmente suas ações

Isso significa organizar ou dividir alguma experiência, informação  ou conhecimento em partes maiores ou menores, mais amplas ou mais especificas, mais abstratas ou mais complexas, de acordo com o nível de compreensão e as necessidades de aprendizado das pessoas com as quais está interagindo.

Etapa 5 – Observe a sua fisiologia

Sua postura, expressão facial, gestos e tom de voz são elementos importantes para fortalecer ou enfraquecer o exemplo que você pretende transmitir.Não dá para ser um modelo de entusiamo se a sua fisiologia transmite desânimo, nem para ser um modelo de determinação se a sua postura revela hesitação e insegurança. Aprenda a observar sua fisiologia, tornando-a congruente com o exemplo que você quer transmitir

Etapa 6 – Busque a excelência

Para se tornar um modelo, você deve investir no próprio desenvolvimento, aprendizado e evolução. Do contrário, corre o risco de tornar-se um modelo ultrapassado. Nenhum exemplo é mais poderoso do que o do líder que está sempre buscando a própria evolução.

Modelo de Aprendizado

lider-coach-3Pense num momento de sua vida profissional em que obteve resultados abaixo do esperado e siga os seguintes procedimentos:

Etapa 1 – Descreva

O que aconteceu? O que você aprendeu?

Etapa 2 – Reflita

Como você se sentiu? O que você pensou? O que esperava obter?

Etapa 3 – Avalie

O que funcionou e o que não funcionou? Que fatores você levou em consideração? Como chegou a essa conclusão? Como você se sentiu com sua resposta à situação enfrentada?

Etapa 4 – Explore opções

O que mais poderia ser feito? O que poderia ser mudado em relação á forma como você respondeu à situação?

Etapa 5 – Planeje a ação

O que fará da próxima vez? O que irá pensar e agir de forma diferente?

Nem sempre ser um modelo é uma questão de escolha. A verdade é que, se ocupamos uma função de liderança, estamos sempre sendo observados pelas pessoas à nossa volta, que nos vêem como modelo.

Portanto a verdadeira escolha é que tipo de modelo você quer ser. Não se trata de buscar a perfeição. Afinal, ninguém é perfeito. Trata-se de estar sempre buscando a melhoria e a excelência,  de modo a dar o melhor de nós e a inspirarmos os outros a fazer o mesmo.

Referências:

YUKL, G. “How Leaders Influence Organizational Effectiveness” Leadership Quaterly, Nova York, abril 2008;

WITHERSPOON, R Coaching for Leadership: How the World’s Greaatest Coaches Help Leaders Learn. Hoboken: Pfeiffer 2000

BALDONI, J Lead by Example: 50 Ways Great Leaders Inspire Results. Nova York: Amacon,2008

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s