O Que o BBB Tem a Ensinar sobre Relacionamento Abusivo

BBB17

“Na minha festa de aniversário ele não foi, mas eu tinha que conversar o tempo inteiro com ele pelo celular” – Mayara, funcionaria do setor financeiro de uma empresa.

“Ele te ridiculariza quando você expõe suas ideias e opiniões” – Manu (@Emanuelleliz)

“Você pede desculpa mesmo estando certa, porque ele fez você achar que tava errada e colocou a culpa em você” – Pamela (@consensopan)

” Quando consegui arranjar emprego, percebi que ele não ficou feliz. Dava a impressão de que se sentia inferior a mim. Quando eu saia, enviava fotos da roupa para ele saber o que eu estava vestindo” – Mayara

Relatos como os descritos acima estão inundando as redes sociais como exemplos de relacionamentos abusivos, assunto que ganhou maior atenção após Marcos Harter, de 37 anos, ser expulso da 17a.edição do reality show Big Brother Brasil (BBB), por ter supostamente agredido Emily Araújo, de 20 anos e, como ele, participante do programa.

Pela hastag #EuViviUmRelacionamentoAbusivo, mulheres estão relatando situações em que foram vitimas de agressões psicologogicas e, em alguns casos, até mesmo físicas por parte de seus parceiros.

A discussão entrou nos Trending Topics – lista dos assuntos mais comentados no Twitter. Na web, as vitimas relatam abusos por parte dos parceiros como o controle sobre dinheiro, amizades e senhas.

Concentração de poder

De acordo com a psicologa Rachel Silva Baretto, nos relacionamentos abusivos há uma concentração de poder. Identificar o problema, porém, é um desafio porque os sintomas são muitas vezes sutis e disfarçados sob a forma de proteção, zelo, e de  boas intenções, explica Rachel, doutoranda em Saúde Pública, com ênfase em saúde e violência pela Fundação Oswaldo Cruz.

Levantamento publicado pelo Instituto Datafolha aponta que 503 mulheres foram vítimas de agressões a cada uma hora no Brasil durante o ano de 2016. Considerando atos como ofensas verbais, ameaças, perseguições e agressões físicas, estima-se que mais de 16 milhões de mulheres tenham sido alvos de atos violentos.

BBB17 2

Sinais de Relacionamento Abusivo

De forma direta, a ONG americana Love Is Respect alerta para 11 comportamentos que evidenciam,e podem configurar um relacionamento abusivo:

  • checar seu telefone ou e-mail sem permissão;
  • tentar constantemente colocá-la para baixo;
  • ciúmes extremos e insegurança;
  • temperamento explosivo;
  • isolar você da família e dos amigos;
  • fazer falsas acusações;
  • mudanças de humor;
  • agressão física;
  • possessividade;
  • dizer o que você tem que fazer;
  • pressioná-la ou forçar você para ter relações sexuais.

Espera-se que a visibilidade do tema nas redes sociais possa ajudar outras vítimas. “Acho que quanto mais a gente falar, mais as pessoas vão ver que não estão sozinhas. Tuitei três frases que meu último ex me dizia e uma menina me mandou uma mensagem dizendo que estava na mesma situação” – diz Mayara.

Se isso acontecer,  o Big Brother Brasil  – programa para o qual muitas pessoas torcem o nariz – pelo menos terá prestado uma valiosa contribuição, que não o mero e simples entretenimento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s